Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma

José Pinto Duarte, Mário Krüger, Filipe Coutinho, Bruno Figueiredo, Eduardo Castro e Costa

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

Este artigo descreve parte de um projeto de investigação que constitui uma celebração e uma inovação. Uma celebração no sentido de comemorar a ordem dada por D. João III, em meados do séc. XVI, a André de Resende para traduzir para português o tratado de Leon Battista Alberti, a qual infelizmente se perdeu, e a tradução recente do tratado para português a partir do latim. Uma inovação no sentido de propôr o uso das novas tecnologias para complementar abordagens históricas ao estudo do tratado e da arquitectura em geral. O tratado de Alberti é considerado um dos mais influentes da história da arquitectura. No entanto, a extensão da sua influência está ainda por determinar. Abordagens ao problema têm-se baseado sobretudo na análise de fontes documentais ou em observações comparativas entre o tratado e as obras construídas de outros autores. O projecto propõe o uso de meios computacionais baseados em gramáticas de forma para permitir uma análise comparativa mais rigorosa. Pretende-se determinar a extensão da influência do tratado na arquitectura do antigo império português no período da Contra-Reforma. A ideia é traduzir o tratado numa gramática da forma e determinar a extensão das transformações gramaticais necessárias para descrever a geração dos edifícios desenhados e construídos naquela zona geográfica e naquele período. Este artigo descreve os primeiros passos desta investigação, nomeadamente, apresenta uma gramática das plantas de igrejas quandrangulares, uma gramática do sistema da coluna dórico, a implementação informática das respectivas regras e a produção dos modelos físicos gerados por prototipagem rápida. Estes elementos serão futuramente incluídos numa exposição sobre as implicações da teoria da arquitectura do Quattrocento na prática da arquitectura em Portugal durante o período da contra-reforma (sécs. XVI-XVII).
Original languagePortuguese
Title of host publication2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti
Place of PublicationBelo Horizonte, Brasil
Publication statusPublished - 1 Apr 2011

Cite this

Duarte, J. P., Krüger, M., Coutinho, F., Figueiredo, B., & Castro e Costa, E. (2011). Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma. In 2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti Belo Horizonte, Brasil.

Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma. / Duarte, José Pinto; Krüger, Mário; Coutinho, Filipe; Figueiredo, Bruno; Castro e Costa, Eduardo.

2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti. Belo Horizonte, Brasil, 2011.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Duarte, JP, Krüger, M, Coutinho, F, Figueiredo, B & Castro e Costa, E 2011, Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma. in 2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti. Belo Horizonte, Brasil.
Duarte JP, Krüger M, Coutinho F, Figueiredo B, Castro e Costa E. Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma. In 2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti. Belo Horizonte, Brasil. 2011
Duarte, José Pinto ; Krüger, Mário ; Coutinho, Filipe ; Figueiredo, Bruno ; Castro e Costa, Eduardo. / Alberti Digital: Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma. 2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti. Belo Horizonte, Brasil, 2011.
@inproceedings{02c64af57c3c40d49d2dd20efac7c1b1,
title = "Alberti Digital:: Investigando a influ{\^e}ncia de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma",
abstract = "Este artigo descreve parte de um projeto de investiga{\cc}{\~a}o que constitui uma celebra{\cc}{\~a}o e uma inova{\cc}{\~a}o. Uma celebra{\cc}{\~a}o no sentido de comemorar a ordem dada por D. Jo{\~a}o III, em meados do s{\'e}c. XVI, a Andr{\'e} de Resende para traduzir para portugu{\^e}s o tratado de Leon Battista Alberti, a qual infelizmente se perdeu, e a tradu{\cc}{\~a}o recente do tratado para portugu{\^e}s a partir do latim. Uma inova{\cc}{\~a}o no sentido de prop{\^o}r o uso das novas tecnologias para complementar abordagens hist{\'o}ricas ao estudo do tratado e da arquitectura em geral. O tratado de Alberti {\'e} considerado um dos mais influentes da hist{\'o}ria da arquitectura. No entanto, a extens{\~a}o da sua influ{\^e}ncia est{\'a} ainda por determinar. Abordagens ao problema t{\^e}m-se baseado sobretudo na an{\'a}lise de fontes documentais ou em observa{\cc}{\~o}es comparativas entre o tratado e as obras constru{\'i}das de outros autores. O projecto prop{\~o}e o uso de meios computacionais baseados em gram{\'a}ticas de forma para permitir uma an{\'a}lise comparativa mais rigorosa. Pretende-se determinar a extens{\~a}o da influ{\^e}ncia do tratado na arquitectura do antigo imp{\'e}rio portugu{\^e}s no per{\'i}odo da Contra-Reforma. A ideia {\'e} traduzir o tratado numa gram{\'a}tica da forma e determinar a extens{\~a}o das transforma{\cc}{\~o}es gramaticais necess{\'a}rias para descrever a gera{\cc}{\~a}o dos edif{\'i}cios desenhados e constru{\'i}dos naquela zona geogr{\'a}fica e naquele per{\'i}odo. Este artigo descreve os primeiros passos desta investiga{\cc}{\~a}o, nomeadamente, apresenta uma gram{\'a}tica das plantas de igrejas quandrangulares, uma gram{\'a}tica do sistema da coluna d{\'o}rico, a implementa{\cc}{\~a}o inform{\'a}tica das respectivas regras e a produ{\cc}{\~a}o dos modelos f{\'i}sicos gerados por prototipagem r{\'a}pida. Estes elementos ser{\~a}o futuramente inclu{\'i}dos numa exposi{\cc}{\~a}o sobre as implica{\cc}{\~o}es da teoria da arquitectura do Quattrocento na pr{\'a}tica da arquitectura em Portugal durante o per{\'i}odo da contra-reforma (s{\'e}cs. XVI-XVII).",
author = "Duarte, {Jos{\'e} Pinto} and M{\'a}rio Kr{\"u}ger and Filipe Coutinho and Bruno Figueiredo and {Castro e Costa}, Eduardo",
year = "2011",
month = "4",
day = "1",
language = "Portuguese",
booktitle = "2º Col{\'o}quio Internacional “G{\^e}neses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti",

}

TY - GEN

T1 - Alberti Digital:

T2 - Investigando a influência de Alberti na arquitetura portuguesa da Contrarreforma

AU - Duarte, José Pinto

AU - Krüger, Mário

AU - Coutinho, Filipe

AU - Figueiredo, Bruno

AU - Castro e Costa, Eduardo

PY - 2011/4/1

Y1 - 2011/4/1

N2 - Este artigo descreve parte de um projeto de investigação que constitui uma celebração e uma inovação. Uma celebração no sentido de comemorar a ordem dada por D. João III, em meados do séc. XVI, a André de Resende para traduzir para português o tratado de Leon Battista Alberti, a qual infelizmente se perdeu, e a tradução recente do tratado para português a partir do latim. Uma inovação no sentido de propôr o uso das novas tecnologias para complementar abordagens históricas ao estudo do tratado e da arquitectura em geral. O tratado de Alberti é considerado um dos mais influentes da história da arquitectura. No entanto, a extensão da sua influência está ainda por determinar. Abordagens ao problema têm-se baseado sobretudo na análise de fontes documentais ou em observações comparativas entre o tratado e as obras construídas de outros autores. O projecto propõe o uso de meios computacionais baseados em gramáticas de forma para permitir uma análise comparativa mais rigorosa. Pretende-se determinar a extensão da influência do tratado na arquitectura do antigo império português no período da Contra-Reforma. A ideia é traduzir o tratado numa gramática da forma e determinar a extensão das transformações gramaticais necessárias para descrever a geração dos edifícios desenhados e construídos naquela zona geográfica e naquele período. Este artigo descreve os primeiros passos desta investigação, nomeadamente, apresenta uma gramática das plantas de igrejas quandrangulares, uma gramática do sistema da coluna dórico, a implementação informática das respectivas regras e a produção dos modelos físicos gerados por prototipagem rápida. Estes elementos serão futuramente incluídos numa exposição sobre as implicações da teoria da arquitectura do Quattrocento na prática da arquitectura em Portugal durante o período da contra-reforma (sécs. XVI-XVII).

AB - Este artigo descreve parte de um projeto de investigação que constitui uma celebração e uma inovação. Uma celebração no sentido de comemorar a ordem dada por D. João III, em meados do séc. XVI, a André de Resende para traduzir para português o tratado de Leon Battista Alberti, a qual infelizmente se perdeu, e a tradução recente do tratado para português a partir do latim. Uma inovação no sentido de propôr o uso das novas tecnologias para complementar abordagens históricas ao estudo do tratado e da arquitectura em geral. O tratado de Alberti é considerado um dos mais influentes da história da arquitectura. No entanto, a extensão da sua influência está ainda por determinar. Abordagens ao problema têm-se baseado sobretudo na análise de fontes documentais ou em observações comparativas entre o tratado e as obras construídas de outros autores. O projecto propõe o uso de meios computacionais baseados em gramáticas de forma para permitir uma análise comparativa mais rigorosa. Pretende-se determinar a extensão da influência do tratado na arquitectura do antigo império português no período da Contra-Reforma. A ideia é traduzir o tratado numa gramática da forma e determinar a extensão das transformações gramaticais necessárias para descrever a geração dos edifícios desenhados e construídos naquela zona geográfica e naquele período. Este artigo descreve os primeiros passos desta investigação, nomeadamente, apresenta uma gramática das plantas de igrejas quandrangulares, uma gramática do sistema da coluna dórico, a implementação informática das respectivas regras e a produção dos modelos físicos gerados por prototipagem rápida. Estes elementos serão futuramente incluídos numa exposição sobre as implicações da teoria da arquitectura do Quattrocento na prática da arquitectura em Portugal durante o período da contra-reforma (sécs. XVI-XVII).

M3 - Conference contribution

BT - 2º Colóquio Internacional “Gêneses das Racionalidades Modernas – em torno de Alberti

CY - Belo Horizonte, Brasil

ER -